Cursos Online

Técnica e Interpretação Pianística (Esgotado)

Técnica e Interpretação Pianística (Esgotado) - Foto 1

TÉCNICA E INTERPRETAÇÃO PIANÍSTICA COM O PROF. EDUARDO HAZAN

Formado na Áustria, França e EUA, premiado em 3 Concursos Internacionais de Piano e com mais de 50 anos de atividade pedagógica, sendo 20 deles como professor da Escola de Música da UFMG, Eduardo Hazan é um dos principais pianistas do país, tendo formado gerações de alunos.

Um grande problema do intérprete não é "o que tocar", mas sim "como tocar", ou seja, não adianta um pianista apresentar uma peça com erros básicos de execução, que poderiam ser facilmente evitados através do conhecimento de conceitos essenciais. Neste curso, o professor Eduardo Hazan apresentará os fundamentos da técnica pianística e demonstrará a sua aplicação em vários exemplos do repertório para o instrumento.

CONTEÚDO

1o dia - Fundamentos de Técnica Pianística

I - Alguns princípios para o bom rendimento do estudo do piano

I.1 - Organização da rotina de estudos do aluno

I.2 - Alguns princípios didáticos a professores

I.3 - Fundamentos de leitura à 1a vista

II - Fundamentos de técnica pianística

* II.1 - Características do Instrumento

* II.2 - Postura, relaxamento e movimentos básicos

* II.3 - Dedilhado, independência de dedos e desenvolvimento de velocidade

* II.4 - Escalas e arpejos

* II.5 - Saltos

* II.6 - Notas Duplas: 8as, 3as e 6as

2o dia - Estilos de época, Escolas Pianísticas e Fundamentos de Interpretação

  1. Escolas Pianísticas e o desenvolvimento da Arte Pianística ao longo dos séculos
  2. Uso do instrumento atual para interpretar o repertório do passado
  3. Desenvolvimento da sonoridade e uso do pedal
  4. Preparação do intérprete para a performance musical em palco.

INFORMAÇÕES GERAIS

  • Apresentação: Eduardo Hazan
  • Data de realização: 06 e 07/11/2021 (Sábado e Domingo)
  • Horário: 16:00 às 18:00 (Horário de Brasília) --> Carga-horária total de 4 horas.
  • Plataforma: Zoom
  • Acesso: O link da aula será enviado até 1 hora antes do início da aula, através do e-mail e do grupo de alunos de Whatsapp. Favor conferir se o e-mail está na caixa de SPAM.
  • Disponibilidade: As aulas serão ao vivo, mas serão gravadas e ficarão disponíveis para os alunos até o dia 23 de dezembro de 2021
  • Inscrições: Até 06/11/2021 às 12 horas (Horário de Brasília).
  • Número de vagas: 50
  • Público-alvo: Professores e estudantes de piano.
  • Valor: R$ 180,00 (Cento e Oitenta Reais)

INSCRIÇÃO E PAGAMENTO:

  • Para pagamentos via pix, boleto ou em até 12 vezes no cartão de crédito, favor acessar o botão do Pagseguro:

  • Para tocar na parte prática da aula: Após o pagamento da inscrição, os candidatos que quiserem participar da seleção de alunos da parte prática devem preencher o formulário a seguir e enviar a gravação até o dia 3 de novembro: https://forms.gle/q58p3NvYoS4F3hpQ9. No dia 4 de novembro, entraremos em contato com os alunos selecionados.

EDUARDO HAZAN

Nascido em 1937 em Santos, Eduardo Hazan é o responsável pela formação de várias gerações de pianistas brasileiros. Estudou por sete anos no exterior, tendo concluído o seu Bacharelado pela Academia de Música de Vienna com nota máxima. Em seguida, aperfeiçoou-se em Paris e concluíu o mestrado pela Indiana University, sendo agraciado com o cobiçado “Performer's Certificate”. Lecionou por mais de 30 anos, 20 dos quais na Universidade Federal de Minas Gerais, e foi um dos criadores da Fundação de Educação Artística de Belo Horizonte, um dos principais centros de educação musical do país e de divulgação da Música Contemporânea na América Latina.

Primeiro Prêmio no Concurso Nacional da Bahia, recebeu três prêmios internacionais nos concursos Marguerite Long (França), Vianna da Motta (Portugal) e do Rio de Janeiro, sendo considerado o Melhor Pianista Brasileiro desta competição. Atuou em recitais nos EUA, França, Espanha, Portugal, Áustria, Inglaterra e foi enviado pelo Itamaraty em turnê por seis países da América do Sul. Em reconhecimento à sua vida artística, o governo do Estado de São Paulo lhe concedeu recentemente a comenda “Ordem do Mérito Cultural Carlos Gomes”.

Gravou vários discos para os selos Magic Music, Karmim Produções e Sonhos e Sons e publicou pela Editora Vitale o livro “O piano, alguns problemas e possíveis soluções”. Atuou como solista de várias orquestras, como a Sinfônica de Minas Gerais, Sinfônica Brasileira, Filarmônica de Minas Gerais, Orquestra de Câmara Sesiminas. Em agosto de 2012, executou o Concerto No 1 deTchaikovsky com a Orquestra Bachiana Brasileira, na Sala São Paulo, sob a regência de João Carlos Martins.

VÍDEOS: